Assine agora| Versão impressa
Publicado em 21/07/2018 às 09:24h - Atualizado em 21/07/2018 às 09:24h Por: Editores

Como mudanças bruscas de temperatura afetam a saúde


Além de nos deixar sem saber o que vestir, a alternância entre dias frios e quentes tem efeito sobre o organismo, que vão da imunidade a problemas cardíacos e alterações no humor.
Site

Depois de um início de inverno marcado por temperaturas baixas nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, as máximas voltaram a subir, no entanto, o frio deve voltar. 

Há consenso entre cientistas de que o clima tem um efeito profundo sobre nossa saúde e bem-estar, sendo associado a desde mudanças nas taxas de natalidade a surtos de pneumonia, gripe e bronquite.

No frio, o corpo gasta mais energia para se manter aquecido, o que acaba reduzindo a capacidade de defesa do organismo. Além disso, ambientes fechados, com grande quantidade de pessoas, facilitam a transmissão de vírus.

Mudanças bruscas de temperatura também costumam deixar as pessoas com imunidade baixa, aumentando o risco de doenças sobretudo para crianças e idosos. Nos mais velhos, a chamada amplitude térmica pode até mesmo levar à morte.

Problemas respiratórios e cardíacos

Para as pessoas que já sofrem de doenças respiratórias, a mudança brusca de temperatura é particularmente perigosa, com problemas como asma e rinite podendo se agravar. Em períodos marcados por mudanças de temperatura e dias secos de inverno, é essencial beber bastante água para ajudar a manter úmido o muco que protege as vias respiratórias. Além disso, é recomendável tomar vacina contra gripe, se alimentar e dormir bem, se agasalhar e deixar o ar circular em locais fechados.

Mudanças bruscas de temperatura também podem provocar problemas cardíacos. Quando a oscilação de temperatura é do frio para o quente, o sangue fica mais espesso, e as artérias, contraídas, e a pressão tende a cair.

 

Alteração de humor

Também há indícios científicos de que o clima pode afetar o humor, para além do desânimo comum diante de um céu nublado ou chuvoso. O chamado transtorno afetivo sazonal é um tipo de depressão que geralmente se manifesta no outono e no inverno.

O transtorno pode ser causado por alterações no relógio biológico e no equilíbrio químico do corpo. Nas estações mais frias, os níveis de melatonina e serotonina – que regulam o humor e o sono – podem ser afetados, levando à depressão.

As pessoas que vivem em climas frios são mais propensas a desenvolver o transtorno afetivo sazonal, devido ao menor número de horas de luz solar durante o outono e o inverno.






Ver em PDF


Endereço
Rua Martin Afonso, 1587
Jd. Novo Horizonte - Sede Própria
WhatsApp
(44)99101.3543

E-mail
joelglup@gmail.com

Telefone
(44) 3026-8585
Como pretende gastar o seu 13º salário?






Copyright© - Portal Glup
Central de Atendimento | Anuncie no Glup
JC Mantovan