Assine agora| Versão impressa
Publicado em 01/03/2018 às 00:00h - Atualizado em 28/02/2018 às 21:50h Por: Editores

No domingo, dois paranaenses disputam cargos no parlamento italiano


Filha do deputado Rubens Bueno (PPS), Renata Bueno (foto) tenta a reeleição
Site

*Redação
(Com agências) 

Cidadãos brasileiros natos, que não possuem ascendentes de outros etnias não precisam se preocupar, mas a RCP informa que as eleições para o parlamento italiano vão contar com dois candidatos paranaenses. Marcada para este domingo, dia 4 de março, a ex-vereadora Renata Bueno e Walter Petruzziello concorrem a uma cadeira de deputado, cujo mandato é de cinco anos.

Pelas regras da democracia da Itália, há vagas destinadas a pessoas com dupla cidadania e que sejam de outros países. Para a América do Sul, são quatro vagas de deputado e duas de senador. Segundo números da Anagrafe dos Italianos residentes no Exterior (Aire) de 2016 - o cadastro consular -, o Paraná conta atualmente com mais 30 mil cidadãos italianos. Na América do Sul, o número é de cerca de 1,5 milhão.

Filha do deputado Rubens Bueno (PPS), Renata Bueno tenta a reeleição - ela foi eleita para o Parlamento em 2013 e foi a primeira brasileira a ocupar um cargo de deputada, em Roma. Durante a campanha, ela viajou para diversas cidades do país, passando por locais com forte influência italiana, como Criciúma (SC) e a região da Serra Gaúcha (RS).

Renata terá com concorrente Walter Petruzziello. Advogado e economista, é pai do vereador Pier Petruzziello (PTB). Ele já havia sido candidato a senador na vaga da América do Sul, mas não conseguiu se eleger. No processo eleitoral da Itália, os eleitores votam nas chapas concorrentes. Petruzziello compõe a chapa “Maie América Latina”. Já Renata concorre pelo “Movimento Passione Itália”, primeiro partido político italiano criado no Brasil.

As células são entregues aos brasileiros aptos a votar pelo correio. Os envelopes entregues aos cidadãos italianos no Brasil contam com cédula para voto na Câmara dos Deputados, Senado, mais certificado eleitoral, informações sobre como votar, dados sobre os candidatos e as listas e o envelope de carta resposta já selado.

O prazo para a entrega dos envelopes se encerrou no último dia 18. Quem não recebeu, deve procurar o consulado italiano em Curitiba. Os votos precisam ser levados ao consulado até o dia 1º de março, portanto, hoje é o último prazo. Os cidadãos italianos com residência permanente fora da Itália e inscritos nas listas eleitorais correspondentes podem participar das eleições por correspondência.






Ver em PDF


Endereço
Rua Martin Afonso, 1587
Jd. Novo Horizonte - Sede Própria
WhatsApp
(44)99115.2018

E-mail
joelcardoso@globo.com

Telefone
(44) 3026-8585
Você concorda com uma nova licitação do parque de exposições?




Copyright© - Portal Glup
Central de Atendimento | Anuncie no Glup
JC Mantovan