Assine agora| Versão impressa
Publicado em 29/11/2017 às 09:58h - Atualizado em 29/11/2017 às 09:58h Por: Redação

Fuja dos juros altos e encontre opções mais leves para o bolso


Site

Quem tem dívidas no cheque especial ou no cartão de crédito, linhas que cobram os juros mais altos do mercado, pode encontrar opções bem mais camaradas para o bolso com o empréstimo pessoal.

Plataformas tecnológicas, aplicativos de celular, novos modelos de negócio, tudo isso tem gerado facilidades para você levantar um financiamento e, o mais importante, com juros inferiores aos dos grandes bancos no crédito convencional.

Há várias empresas operando pela internet, com simuladores que permitem saber em segundos qual será a prestação e o prazo do financiamento para o valor desejado.

Como todo o processo é virtual e sem custos de um espaço físico, que as redes bancárias estão obrigadas a bancar em suas agências, essas instituições digitais têm condições de oferecer um custo mais baixo no empréstimo.

Além do dinheiro mais barato, a conveniência também conta. O processo é simples e ágil. Os recursos vão para a conta corrente sem a necessidade de sair de casa, conversar com um gerente, preencher uma série de fichas, aguardar meses pela análise aprovação do crédito.

Um dos cuidados a ser tomado pelo consumidor, no entanto, deve ser o de saber se a base de comparação é a mesma. Isso porque alguns sites informam a taxa de juro e outros, o Custo Efetivo Total (CET), que inclui o imposto e outras despesas para a liberação do crédito. É importante solicitar sempre o CET para não comprar gato por lebre.

Outro alerta: nenhuma dessas instituições solicita dinheiro para liberar o empréstimo. É grande o número de reclamações de consumidores que foram vítimas de fraudes, enviando dinheiro ou fornecendo informações como senhas de conta corrente ou do cartão de crédito na expectativa de conseguir o crédito. No caso, serão solicitados dados pessoais e outros documentos inerentes ao processo.

É preciso certificar-se, ainda, de que a financeira em questão é autorizada a operar pelo Banco Central (www.bcb.gov.br). Uma espiada nas redes sociais e sites de reclamações também pode ajudar saber o tipo de atendimento dispensado a seus clientes.

Convém testar os canais de atendimento e verificar se a empresa conta com ouvidoria.

E o custo?

Nos cinco maiores bancos do País, as taxas no cheque especial estão em torno de 12% ao mês, no rotativo do cartão, de 10% ao mês, e no crédito pessoal, oscilam entre 4,4% a 5,9% ao mês.

Já nas plataformas de crédito online, como a Lendico e a Just, as taxas anunciadas são a partir de 2,8% ao mês. Mas elas podem ser mais altas e chegar a 8,2% ao mês, dependendo da análise de crédito do interessado, grau de endividamento, capacidade de pagamento, nome limpo na praça, e assim por diante. Quanto melhor for essa avaliação (score), menor a taxa.

Na Just, a taxa média, por exemplo, é de 3,7% ao mês e, segundo a empresa, 90% dos consumidores que solicitaram o financiamento declararam ter obtido uma taxa mais baixa do que a cobrada por seu banco.

A Just mantém parceria com o aplicativo de finanças pessoais Guia Bolso, que tem conectividade com a conta corrente do usuário. Como pode visualizar a sua movimentação financeira e saber com mais precisão sobre sua capacidade de pagamento, no momento em que precisar de um crédito, o consumidor pode ser beneficiado com juros mais baixos. Os empréstimos podem ser de R$ 1 a R$ 35 mil e pelo período de 12 a 36 meses.

O aplicativo permite tomar pé de suas contas, enxergar para onde está indo seu dinheiro, ter uma noção mais precisa de quanto ganha e, com isso, sanear as finanças. Do total de usuários, atualmente em torno de 3,6 milhões, 25% conseguiram zerar e manter-se livre do limite do cheque especial.

Bens como garantia

Outra modalidade que pode baratear bastante o custo do empréstimo é aquela em que um bem é oferecido como garantia da operação.

Nessa linha, as taxas cobradas pela Creditas são de 1,15% ao mês, quando o imóvel é oferecido como lastro do financiamento, e de 1,75%, quando um veículo assegura a transação. Além dos juros, as prestações recebem a correção pela inflação, medida pelo IPCA. A operação é toda feita pela internet.

O valor mínimo do empréstimo com imóvel é de R$ 30 mil, e vai corresponder sempre a 60% do seu valor. O prazo de financiamento pode ser de 10 a 20 anos. O dinheiro sai em um prazo entre 4 ou 8 semanas

Se o financiamento tiver um veículo de garantia, o valor mínimo será de R$ 2 mil e será equivalente a 90% do seu valor. O crédito pode sair entre 2 e 5 dias após a solicitação.

Para quem está pendurado no cartão de crédito, cheque especial e outros compromissos, vale a pena pensar em levantar um financiamento desse tipo para liquidar tudo e concentrar as dívidas em uma só, e por uma taxa de juro mais baixa.

Entre no site dessas empresas, faça uma simulação, compare com a taxa oferecida pelo seu banco. Essas novas opções de crédito estão crescendo no mercado e devem ser usadas para facilitar a sua vida.

Fonte: Estadão






Ver em PDF


Endereço
Rua Martin Afonso, 1587
Jd. Novo Horizonte - Sede Própria
WhatsApp
(44)99115.2018

E-mail
joelcardoso@globo.com

Telefone
(44) 3026-8585
PREFEITURAS - Classifique os 100 dias de governo





Copyright© - Portal Glup
Central de Atendimento | Anuncie no Glup
JC Mantovan