Assine agora| Versão impressa
Publicado em 26/09/2017 às 15:30h - Atualizado em 26/09/2017 às 15:32h Por: Redação

Carros clássicos valorizam até 135% acima da taxa básica de juros


Site

Carros clássicos como a Kombi se valorizaram até 135% acima da taxa básica de juros (Selic) em 10 anos, informa um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A pesquisa consultou tabelas de preços e anúncios de vendas de modelos originais com mais de 30 anos de fabricação. Foram comparados os preços de 24 modelos em 2005 e 2006 com os de 2015 a 2016, considerando a correção.

Veja os mais valorizados acima da Selic:

 

Kombi 'Corujinha' ano 68 a 75 (135,1%)

Dodge Charger ano 73 a 75 (125,9%)

Dodge Dart 2 portas ano 70 a 73 (117,7%)

Camaro Coupê ano 67 a 69 (116%)

Maverick GV V8 ano 73 a 76 (75,5%)

 

A evolução no preço dos clássicos também foi comparada com os rendimentos de aplicações baseadas no IGP-M (conhecida como "inflação do aluguel"), CDI, que é a taxa de referência para os fundos DI, e a caderneta de poupança. Todos foram inferiores à Selic no período de 2015 a 2016.

 

Menos valorizados

 

Mesmo entre os 5 veículos que tiveram a menor valorização, em nenhum deles ela foi inferior à inflação do período.

Foram eles (valorização em relação à Selic):

 

Mustang Hard Top anos 66 a 68 (-32,5%)

Mercedes SL anos 73 a 75 (-27,8%)

Rural Willys ano 68 a 70 (-13,1%)

Porsche Envemo Super 90 ano 80 a 82 (-5%)

Camaro conversível ano 67 a 69 (2,4%)

 

Os mais desejados

 

A pesquisa levantou ainda qual eram os carros mais desejados entre os 24 avaliados, com a opinião de 103 colecionadores. Os 5 mais citados foram:

 

Mustang Fast Back anos 66 a 68

Porsche 911 ano 75 a 77

Maverick GT V8 ano 74 a 76

Dodge Charger ano 73 a 75

Karmann Ghia coupe ano 66 a 68

O Porsche 911 acabou excluído da pesquisa porque não foram encontrados anúncios atuais de venda do modelo nos anos citados.

Essa lista também não reflete, totalmente, a dos mais valorizados. "Esperava-se que os modelos mais desejados seriam os que teriam a tendência de maior valorização, o que não ocorreu", comenta Arthur Ridolfo Neto, um dos autores do estudo.

A alta valorização dos clássicos não é vista apenas no Brasil. Em mercados mais maduros, como o norte-americano e o inglês, existe até um índice comparativo que aponta que esses caros resultam em ganhos maiores que os apontados para outros tipos de investimentos, como o ouro, residências de luxo ou ações.

Fonte: G1






Ver em PDF


Endereço
Rua Martin Afonso, 1587
Jd. Novo Horizonte - Sede Própria
WhatsApp
(44)99115.2018

E-mail
joelcardoso@globo.com

Telefone
(44) 3026-8585
PREFEITURAS - Classifique os 100 dias de governo





Copyright© - Portal Glup
Central de Atendimento | Anuncie no Glup
JC Mantovan