Assine agora| Versão impressa
Publicado em 17/04/2019 às 09:26h - Atualizado em 17/04/2019 às 09:26h Por: Redação-Maringa

Alta: Preço de combustíveis será decidido pela Petrobras


Site

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou na terça - feira, 16 que caberá a Petrobras decidir sobre a alta do preço do diesel. "Quem vai decidir o momento e o valor [do reajuste do diesel] é a Petrobras", afirmou o ministro.

A declaração foi feita ao fim de uma reunião do presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, com sua equipe ministerial,  representantes da ANP (Agência Nacional de Petróleo), entre outros.

A reunião foi convocada pelo próprio presidente logo após o pedido de reajuste anunciado pela estatal, de alta de 5,7% do diesel, fosse segurado. A interferência do governo na Petrobras foi mal recebida pelo mercado e houve uma perda de R$ 32 bilhões em valor de mercado da empresa. Bolsonaro foi alertado pelo chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que o aumento do combustível poderia gerar uma nova greve dos caminhoneiros. 

Para desfazer o mal-estar da interferência, e ao mesmo tempo não gerar insatisfações nos profissionais de transportes de carga, o governo anunciou uma série de medidas para a categoria, entre elas, uma linha de crédito de R$ 500 milhões para os caminhoneiros. O valor será disponibilizado para autônomos em um montante individual de até R$ 30 mil. 

Além da linha de crédito, o ministério da Infraestrutura recebeu R$ 2 bilhões que serão investidos para a conclusão em obras prioritárias, como a pavimentação da BR-163. Desse valor, R$ 900 milhões irão para a recuperação da capacidade da malha rodoviária brasileira.

'Se subir o óleo diesel, ministro, nós vamos parar', diz caminhoneiro paranaense

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, trocou mensagens pelo whatsApp com um caminhoneiro, que participou da paralisação de maio de 2018 e afirma fazer parte de um grupo formado por várias lideranças de caminhoneiros.

Os dois discutiram sobre os líderes ouvidos pelo governo para criar o plano de ação.

Desde o final de março, o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) tem feito promessas para agradar a categoria e evitar uma nova paralisação. 

"Nós, governo, tomamos atitudes em cima da pauta que dezenas de líderes de caminhoneiros de todo o Brasil nos apresentaram, afirma Onyx. 

Caminhoneiro  falam sobre a possibilidade de uma nova greve. "Se subir o óleo diesel, ministro, nós vamos parar e ponto final". "A pauta nossa é fazer valer o piso mínimo e não subir óleo diesel. A decisão do nosso grupo está tomada", diz.

O ministro responde agradecendo de forma irônica as "palavras de consideração". E diz: "Vamos trabalhar daqui e tu trabalha daí". Após troca de áudios, o ministro bloqueou o caminhoneiro no WhatsApp.

Fonte: *Da redação - adaptação do Bem Paraná

 

 






Ver em PDF


Endereço
Rua Martin Afonso, 1587
Jd. Novo Horizonte - Sede Própria
WhatsApp
(44)99101.3543

E-mail
joelglup@gmail.com

Telefone
(44) 3026-8585
Você faria investimento em moedas virtuais?






Copyright© - Portal Glup
Central de Atendimento | Anuncie no Glup
JC Mantovan