Assine agora| Versão impressa
Publicado em 09/06/2018 às 00:00h - Atualizado em 08/06/2018 às 23:47h Por: Editores

Com Rael ausente e pouco citado, novo secretário assume a Cultura


Site

*Elano Maringá

 

O segundo semestre de 2018 trouxe mudança na  Secretaria de Cultura de Maringá. Sai o titular  Rael Toffolo e em seu lugar assume Miguel Fernando Perez Silva. Tanto um como outro, com experiências e aprendizados em áreas com pouca familiaridade com a abrangência gestora de uma secretaria como a de Cultura. Rael, um doutor em música. Miguel, bacharel em Turismo e Hotelaria.

A falta de identidade de ambos com o cargo pode ser mensurado com desinteresse dos produtores culturais em prestigiar o evento. E vice-versa. Na composição dos nomes que compuseram os convidados que conduziram a solenidade, estavam vereadores, secretários e até mesmo o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Maringá. Nem um representante da classe cultural.

 

O público, que deixou poucas poltronas vazias no Auditório Hélio Moreira, era composto por convidados da ACIM, da Prefeitura e amigos do novo secretário.  Havia também alguns dirigentes de grupos teatrais, dois ou três artistas plásticos, representantes de duas entidades culturais (Academia de Letras e Unijore) e todos os assessores escolhidos pelo secretário Miguel.

 

A ausência do ex-secretário Rael Toffolo na solenidade não passou despercebida, assim como o nome dele ter sido citado de maneira muito superficial por duas vezes. Nos bastidores da solenidade, algumas decepções foram ouvidas em forma de murmúrios: “Rael deveria estar aqui e fazer uma retrospectiva de sua gestão e transmitir o cargo para seu sucessor”, ouvia-se de alguns convidados do evento.

Nas redes sociais e grupos de whatsApp as manifestações sobre a substituição de secretários se multiplicaram. Algumas mostrando expectativa na gestão do substituto de Rael, outras com críticas sobre a escolha do novo titular da pasta e os mais radicais, citando o corporativismo inalienável que o novo secretário praticava em seu emprego anterior.

 

O prefeito divulgou que a previsão de investimento na cultura neste ano ultrapassa R$5 milhões, mais que o dobro de 2017, quando cerca de R$2,1 milhões foram injetados na área. Ainda bem que Rael retomou suas atividades docentes na Universidade Estadual de Maringá (UEM) sem ouvir o novo investimento e a promessa, sem determinar data, de seu sucessor: “em breve, serão realizados debates setorizados com artistas e produtores locais para definir projetos”

Antes da solenidade de posse o novo secretário foi surpreendido com a entrega de um documento idealizado pela diretoria da União dos Profissionais das Artes, Jornalismo e Literatura (Unijore), denominado  Lista Quádrupla de Reivindicações (LQR) . São pedidos baseados em iniciativas praticadas por grandes instituições financeiras, pela própria ACIM e até mesmo no Fórum da Comarca de Maringá. O conteúdo da Lista (LQR) será divulgado no caderno D de O Diário da próxima quarta-feira.   

*Colaborador dos núcleos de jornalismo da Editora On Line






Ver em PDF


Endereço
Rua Martin Afonso, 1587
Jd. Novo Horizonte - Sede Própria
WhatsApp
(44)99115.2018

E-mail
joelcardoso@globo.com

Telefone
(44) 3026-8585
Quem você gostaria de ver como convidado na V Flim Maringá?







Copyright© - Portal Glup
Central de Atendimento | Anuncie no Glup
JC Mantovan