Assine agora| Versão impressa
Publicado em 15/03/2018 às 15:47h - Atualizado em 15/03/2018 às 15:47h Por: Talita

Cão morre após viajar em compartimento de bagagem de mão em avião


Site

Da Redação

Um buldogue francês morreu após ser colocado por um comissário no compartimento de bagagem de mão de um avião da United Airlines, na segunda-feira (12), nos Estados Unidos.

"Nós assumimos a responsabilidade total por essa tragédia e expressamos nossas condolências à família e estamos empenhados em apoiá-los", disse a empresa nota.A tutora, Catelina Robledo, embarcou com duas crianças -uma delas de colo- e, segundo testemunhas, foi pressionada a transportar o animal no bagageiro durante o voo de três horas e meia, de Houston para Nova York. Kokito tinha dez meses.

"Este foi um acidente trágico que nunca deveria ter acontecido", afirmou a United, que abriu investigação sobre o caso, segundo a agência Ansa.

Ao canal NBC, Sophia, 11, diz que o cachorro latiu durante o trajeto, houve turbulência e não tiveram como pega-lo. A menina afirma que, após o pouso, sua mãe ainda segurou o cãozinho, que não se mexia, e dizia para ele acordar.

Passageiros que presenciaram a cena também se comoveram e tentaram ajudar, mas o buldogue já estava morto.

OUTROS CASOS

A United Airlines foi processada recentemente pelos donos de um coelho que também morreu em uma aeronave.

De acordo com a Ansa, relatório do Departamento de Transportes mostra que, em 2017, 18 animais morreram e 13 ficaram feridos em voos da empresa.

Fonte: Folha de S. Paulo






Ver em PDF


Endereço
Rua Martin Afonso, 1587
Jd. Novo Horizonte - Sede Própria
WhatsApp
(44)99115.2018

E-mail
joelcardoso@globo.com

Telefone
(44) 3026-8585
Você concorda com uma nova licitação do parque de exposições?




Copyright© - Portal Glup
Central de Atendimento | Anuncie no Glup
JC Mantovan